A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) deu inicio, nesta quinta-feira (1º), às atividades do Dezembro Vermelho, mês de luta contra a Aids.

De acordo com a Secretária de Saúde Tânia Brandão, as ações seguem até o próximo dia 16 de dezembro. Ela explica que o objetivo é realizar testes gratuitos de HIV, Sífilis e das Hepatites B e C. “Inúmeras pessoas podem estar contaminadas e não sabem, e por não ter conhecimento não procuram tratamento”, disse.

Tânia também informa que os pacientes diagnosticados com HIV e as Hepatites B e C são direcionados ao posto Nº 5 localizado na cidade do Gama (DF). Já os pacientes diagnosticados com sífilis são atendidos em Novo Gama.

Confira o calendário de atividades da campanha:

Dias 01 e 02 de dezembro – Rodoviária do Novo Gama das 8h às 17h.

– Aconselhamento

– Distribuição de preservativos, lubrificantes e panfletos informativos.

– Teste de HIV, Sífilis e Hepatite B e C. Resultado em 30 min, a coleta será realizada no Ambulatório 24h.

De 5 a 9 de dezembro

– Atendimento no Centro de Testagem e Aconselhamento com a coleta de material para a realização de exames. (HIV, Sífilis e Hepatites Virais);

De 12 a 16 de dezembro

– Atendimento em todas as Unidades Básicas de Saúde com orientações para o exame de HIV, Sífilis, e Hepatites B e C, com resultados em 30 min;

Dados do Ministério da Saúde

De acordo com o Ministério da Saúde, 827 mil pessoas vivem com HIV/AIDS. Outro dado expressivo apresentando pelo órgão, é a queda 42,3% na mortalidade em 20 anos. O incentivo ao diagnóstico e ao início precoce do tratamento, antes mesmo do surgimento dos primeiros sintomas da doença, refletiram na redução dessas mortes. A taxa caiu de 9,7 óbitos por 100 mil habitantes, em 1995, para 5,6 óbitos por 100 mil habitantes em 2015. Os dados se referem ao ano de 2015.

A epidemia no Brasil está estabilizada, com taxa de detecção em torno de 19,1 casos, a cada 100 mil habitantes. Isso representa cerca de 41,1 mil casos novos ao ano. Desde o início da epidemia de AIDS no Brasil (em 1980) até o final de 2015, foram registrados 827 mil pessoas que vivem com HIV e AIDS. Desse total, 372 ainda não estão em tratamento, e, destas, 260 já sabem que estão infectadas. Além disso, 112 mil pessoas que vivem com HIV não sabem.

Hudson Cunha – Assessor de Imprensa

Prefeitura de Novo Gama

 

Leave Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

clear formSubmit