NOVO GAMA - GO
POSTADO EM 06/02/2018 EM Saúde
Neste carnaval não deixe o mosquito estragar a festa

Sem Aedes Aegypti o carnaval fica mais animado. E se tratando do período de chuvas intensas, vale reforçar a atenção para evitar o acúmulo de água parada em casas, lotes e quintais. A medida visa combater o mosquito transmissor da Dengue, Febre Amarela, Zica vírus e Chikungunya. A Prefeitura de Novo Gama alerta a população para unir forças e combater a proliferação das doenças.

 

As larvas do Aedes Aegypti conseguem se reproduzir em reservatórios de água tanto limpa quanto poluída. Objetos como latas, garrafas vazias, pneus, calhas, caixas d'água descobertas, pratos de plantas, baldes e tambores são considerados recipientes adequados para a expansão do mosquito.

 

O Aedes Aegypti é identificado por ser menor que os mosquitos comuns, mede menos que 1 centímetro. Possui tonalidade escura e com listras brancas no tronco, na cabeça e nas pernas. O barulho que ele emite é mínimo, o que dificulta na audição pelo ser humano. Em casos de proliferação da Dengue, a fêmea chega a colocar de 150 a 200 ovos de uma vez. E cada mosquito é capaz de sobreviver até 30 dias.

 

Principais sintomas e o combate à Dengue

 

A Dengue clássica é a mais conhecida popularmente, e pode ser facilmente confundida com a gripe. Febre alta (30° a 40º), dores de cabeça, cansaço, dor muscular e nas articulações, indisposição, enjoos e vômitos são os principais sintomas. A doença pode durar até sete dias.

 

Em casos mais graves, a Dengue pode se transformar em hemorrágica, caracterizada por sangramentos e queda da pressão arterial. Nestas situações, o risco é de morte. Em ambas circunstâncias, a vacina é a melhor forma para se prevenir da doença.

 

Sintomas da Febre Amarela

 

O período de chuvas também favorece para o aumento da população de mosquitos transmissores do vírus da Febre Amarela. Em casos de febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos procure o hospital mais próximo à sua residência. A vacina é a melhor forma de prevenção a esta doença.

 

Como identificar o Zica vírus

 

As pessoas que desenvolvem Zica vírus apresentam sintomas de dores de cabeça, febre baixa, mal estar, dores nas articulações, conjuntivite e coceira. A transmissão dessa doença ocorre pela picada do mosquito Aedes Aegypti, e caso a pessoa não possua anticorpos, adquirida por meio de vacina, estará sujeita a ser contaminada.

 

Chikungunya: sintomas e prevenção

 

Os principais sintomas são febre alta, dores nas articulações, pés, mãos, dedos, tornozelos e pulsos. Além da dor de cabeça e das dores nos músculos também aparecem manchas vermelhas pelo corpo. Vale ressaltar que não é possível contrair a Chikungunya mais de uma vez. Isto é: depois de infectada, a pessoa adquire imunidade para o resto da vida. A comunidade científica ainda não desenvolveu vacinas ou medicamentos para combater o vírus.

 

COMPARTILHAR ESSA NOTÍCIA