NOVO GAMA - GO
POSTADO EM 09/04/2018 EM Cultura
PREFEITURA REALIZA VIA-SACRA DE NOVO GAMA, E 30 MIL PESSOAS SE EMOCIONAM DURANTE O ESPETÁCULO

Em clima de emoção e fé espiritual, os 500 atores e colaboradores da Via-Sacra de Novo Gama comoveram o público que acompanhou de perto a encenação da morte e ressurreição de Cristo. Nesta 18ª edição, cerca de 30 mil pessoas assistiram o espetáculo, o que representa um recorde de espectadores. A apresentação iniciou por volta das 19 horas da sexta-feira Santa (30), no Morro Santo, no Distrito de Lago Azul. o frei Marcos (OFM Conventual) iniciou a homilia.

“Desde a primeira edição eu participo, é muito bonito e gratificante esse momento de hoje”, assume a aposentada, Maria das Dores Soares. “Eu adoro vir aqui, é divino”, admite. Para ela, que mora em outro município vizinho, a distância não é motivo suficiente para perder a Via-Sacra. “Venho, mesmo sendo longe da minha casa”, frisa.

Dentre as autoridades, estiveram no local a prefeita Sônia Chaves (PSDB), o secretário de Infraestrutura Urbana, Marinaldo Almeida, o Deputado Federal Célio Silveira (PSDB), o Deputado Estadual Diego Sorgatto (PSB), o diretor do Grupo Via-Sacra, Eliel Bruno, o secretário de Desporto, Lazer, Turismo e Cultura, Jerton Sodré, o secretário de Planejamento, Warlei Lúcio e os demais secretários municipais.

Sônia e Marinaldo chegaram ao Morro Santo por volta das 17 horas. E antes da apresentação, subiram ao topo do morro e cumprimentaram os atores. Vale destacar que o ritual pré Via-Sacra é um compromisso oficial e anual da administração de Novo Gama. Representantes, que por sinal, não medem esforços para realizar a celebração.

“Significa a reflexão religiosa, é quando Cristo dá a vida para nós. É um momento gratificante e de glória quando ele ressuscita”, ressalta a psdbista. Ainda de acordo com a prefeita, o espetáculo é marcante para a história de Novo Gama. “A primeira edição teve 800 pessoas na plateia e 150 colaboradores. Agora, são 500 atores e um público estimado em 30 mil pessoas”, afirma. Para ela, este avanço significa o quanto o espetáculo municipal se desenvolveu e foi abraçado pela comunidade.

Sem dúvidas, a peça chave da encenação: os atores, favorecem para a renovação espiritual. E para fazer a diferença, um segredo usado para apresentação é revelado unanimemente por eles: dedicação e amor ao trabalho. Desta forma, o enredo fica mais emocionante e convincente para quem assiste.

O ator Expedito Moreira participou da encenação pela segunda vez e afirma que essa é uma grande atração. “É uma sensação fantástica fazer parte da Via-Sacra de Novo Gama”, revela. “A cada dia que passa, você fica pensando o dia da apresentação para o público, que são moradores e também visitantes”, expõe.

Rodrigo dos Santos interpretou o Rei Gaspar. Para ele, que participa da encenação há três anos, o motivo é de orgulho. “A gente não tem nem explicação para dizer o que sente quando está apresentando”, revela. “Somos uma família. E é uma satisfação grande representar um momento de Deus - o filho que é o nosso Salvador”, ressalta.

“Como cristão, nós assumimos essa responsabilidade de evangelizar e conscientizar. Então a gente faz um grande processo de convenção para aqueles que nunca tiveram a oportunidade de conhecer essa história, a partir de qualquer outra vertente conhecida”, assume o ator Francisco Alves, que atuou como Rei Herodes.

O público se emocionou do início ao fim com o ator Tiago Vasques, o intérprete de Jesus. “É algo muito gratificante, é uma forma de evangelizar fora da igreja, de trazer Deus para perto das pessoas que não vão à igreja” constata. Para ele, foi uma honra receber o convite da encenação. “Eu comecei a deixar o cabelo crescer há quase 14 anos, e aí o pessoal viu o cabelo grande e disse ‘vem cá, vamos fazer Jesus alí’, conta.

A encenação durou três horas, e ao som da música Noites Traiçoeiras, do Padre Marcelo Rossi, o público celebrou a ressurreição de Cristo e se despediu da Via-Sacra. Uma queima de fogos com faíscas brancas, pratas e coloridas marcou o fim da celebração por 12 minutos.

Acompanhe e cante:

“E ainda se vier noites traiçoeiras
Se a cruz pesada for, Cristo estará contigo
O mundo pode até fazer você chorar
Mas Deus te quer sorrindo”.

Música: Noites Traiçoeiras, Padre Marcelo Rossi.

PRÉ VIA-SACRA:

Em clima de emoção, animação e ansiedade, os 500 atores da Via-Sacra se reuniram, às 14 horas, na Escola Municipal Altos do Lago Azul para ajustar os últimos detalhes e vestir as roupas da encenação.

SAIBA MAIS:

14 horas: os atores se reuniram na escola.
14h30: o público começou a chegar ao Morro Santo, Lago Azul.
15 horas: o momento foi registrado por fotos.
16 horas: atores se alimentam para ter energia e disposição durante a encenação.
17 horas: a prefeita Sônia Chaves (PSDB) e o secretário Marinaldo Almeida chegam ao Morro Santo e sobem ao palco das autoridades.
18 horas: frei Marcos (OFM Conventual) iniciou a homilia.
18h30: atores se reúnem acima no Morro, fazem uma oração e se organizam para iniciar a Via Sacra.
19 horas: Sônia e Marinaldo sobem o Morro Santo para cumprimentar os atores.
19h20: atores iniciam a encenação da via sacra.
21h06: Jesus carregou a Cruz.
21h20: Jesus foi crucificado.
22h00: Encerramento da Via-Sacra.
22h00: Jesus, interpretado pelo ator Tiago Vasques, cumprimentou a plateia. E em seguida, Sônia e Marinaldo parabenizam, um a um, todos os atores.

COMPARTILHAR ESSA NOTÍCIA
NOTÍCIAS RELACIONADAS

Nenhuma relacionada